Pular para o conteúdo

Notícias

Cerca de 6,1 mil candidatos fizeram o Exame de Classificação

ESTUDE NO IFSC Data de Publicação: 25 nov 2018 16:26 Data de Atualização: 26 nov 2018 08:53

O domingo foi de prova para cerca de 6,1 mil candidatos que disputam 1.111 vagas no Ensino Médio Técnico do IFSC. As provas foram realizadas nas cidades de Araranguá, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Jaraguá do Sul, Joinville, São José, São Miguel do Oeste e Xanxerê. O índice geral de abstenção no exame de classificação desta tarde foi de 9,1%.

O local com maior índice de abstenção foi Gaspar, com 11,9%, seguido de Joinville (10,3%) e Florianópolis (10,1%). Clique aqui para ver os índices de abstenção de todos os locais de prova.

A prova começou às 14h e teve três horas de duração. Os candidatos tiveram que responder a 20 questões de múltipla escolha, sendo 10 de Matemática e 10 de Língua Portuguesa. 

O sonho de estudar no IFSC

Após 1h30 de prova, os candidatos puderam deixar as salas. O estudante Elias Miguel Pereira, de 16 anos, foi um dos primeiros a sair do Câmpus Florianópolis. Aluno de uma escola municipal no bairro Monte Cristo, ele soube do IFSC pelo professor de Ciências. Apesar de ter achado o exame difícil, ele sonha em fazer o curso técnico integrado em Eletrotécnica. “Aqui vou ter um futuro bom e já sair com o curso técnico”, contou.

A jovem Alice Vieira, também de 16 anos, fez duas vezes já o exame de classificação do IFSC como teste e, desta vez, foi para valer, disputando uma vaga para o curso técnico em Saneamento do Câmpus Florianópolis. “Ouvi falar do IFSC, conheci a estrutura e achei muito boa”, afirmou.

Sara Yasmin, 14 anos, prestou a prova para o curso técnico em Edificações do Câmpus Criciúma. Ela considerou a prova difícil, mas adequada para quem estudou. “A prova foi um pouco difícil, mas basta um pouco de estudo. Se a gente se dedicar a gente passa. Espero entrar”, disse a aluna na saída do exame.

Para Felipe Leonardo, 15 anos, Matemática foi a prova mais difícil. “Achei a prova razoável. Matemática estava mais difícil, mas acho que fui bem”. Já para Larissa Wagner, 15 anos, o nível de dificuldade está de acordo com a qualidade de ensino do IFSC. “Achei a prova bem no nível da escola, que é muito boa. É uma prova para quem quer estudar mesmo”, afirmou a candidata.

E se sonho bom é aquele compartilhado, o que não faltou foram pais, familiares e amigos aguardando do lado de fora e na torcida pelos candidatos, às vezes mais nervosos do que quem está fazendo a prova. É o caso de Kathya Costa, que aguardava ansiosa a saída de dois filhos no Câmpus Florianópolis. Atualmente, os meninos estudam em uma escola municipal no bairro Inglesses e souberam do IFSC pelos professores. Sobre o desejo de que eles estudem no Instituto no ano que vem, a mãe foi enfática: “Sem dúvida, são cursos muito bons”, disse.

Para ver mais fotos do Exame de Classificação 2019.1, clique aqui e acesse o álbum na nossa página no Facebook.

Gabarito

A divulgação do gabarito está prevista para as 21h deste domingo na página de Provas e Gabaritos.

Todas as informações do exame estão descritas Edital 08/DEING/2019-1. Dúvidas devem ser encaminhadas para ingresso@ifsc.edu.br.

ESTUDE NO IFSC