Pular para o conteúdo

Notícias

Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Canoinhas recebe nota máxima em avaliação do Inep

ENSINO Data de Publicação: 11 dez 2018 07:34 Data de Atualização: 11 dez 2018 08:07
Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Canoinhas recebe nota máxima em avaliação do Inep

O curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas ofertado pelo Câmpus Canoinhas conquistou a nota máxima, que é 5, na avaliação de reconhecimento de curso, realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O resultado foi garantido após a visita de avaliadores do Inep ao Câmpus Canoinhas, no período de 21 a 23 de novembro.

A avaliação para reconhecimento de um novo curso de graduação é feita depois que a primeira turma passa para a segunda metade do curso, quando são verificados os indicadores definidos no Instrumento de Avaliação desenvolvido pelo Inep. Durante a visita, os avaliadores conferiram os laboratórios, para atestar sua qualidade e atualização, e a infraestrutura das salas de aulas, biblioteca e salas de professores. Também foram feitas reuniões com os alunos, professores e técnico-administrativos, para buscar evidências de comprovação da qualidade do curso.

O resultado está sendo comemorado pelo Câmpus Canoinhas, tanto por atestar a qualidade do curso quanto pela visibilidade que traz para a instituição. “Por mais que o foco seja o atendimento das demandas locais, ao utilizar o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) como forma de ingresso, o IFSC possibilita que alunos de qualquer parte do Brasil venham fazer o curso aqui. Neste sentido, estar entre os melhores cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do país nos traz grande prestígio e esta visibilidade. Para o IFSC, acredito que contribua como forma de autenticar a excelência da instituição”, exalta o coordenador do curso, Luciano Barreto.

Conforme a diretora do Câmpus Canoinhas, Maria Bertília Oss Giacomelli, uma nota máxima faz bem para todo o câmpus, para o IFSC e também para a comunidade. “Canoinhas e o Planalto Norte podem se orgulhar de ter uma instituição pública, gratuita e de excelência. Nosso maior patrimônio são as pessoas que trabalham e estudam aqui, comprometidas com a educação de qualidade e o desenvolvimento regional”, afirma a diretora.

O curso

Iniciado em 25 de fevereiro de 2016, Análise e Desenvolvimento de Sistemas foi o segundo curso de nível superior a ser implantado no Câmpus Canoinhas, depois de tecnologia em Alimentos, que teve a primeira turma ingressante em 2015. Com carga horária de 2.400 horas/aula, o curso tem seis semestres de duração e aulas no período noturno.

Segundo informações do Guia de Cursos, o tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Este profissional trabalha também com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas.

Antes mesmo da formatura de sua primeira turma, o curso tem outros motivos para comemorar, além do reconhecimento do Inep. Na semana passada, saiu o resultado do processo de seleção para a 15ª edição do Programa de Intercâmbio Internacional para Estudantes do IFSC (Propicie). Nesta edição, o Câmpus Canoinhas teve dois alunos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas selecionados para intercâmbio na Finlândia: Giovanni Bruno da Silva e Thomas Cordeiro Paulo.

Também são do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas os estudantes responsáveis pelos projetos que ficaram em primeiro e em quarto lugares no Desafio IFSC de Ideias Inovadoras. Vanessa Rocha da Silva e Thomas Cordeiro Paulo venceram a competição com o projeto de medição de baixo custo para objetos de processos industriais, batizado de Mopi, e garantiram R$ 15 mil para a concretização da ideia. Em quarto lugar, Evelin Karpavicius dos Santos, Andressa Theodoro Pires de Oliveira e Mateus Ferreira de Souza, da equipe Tech Ninjas, garantiram R$ 6 mil para desenvolver o aplicativo Myself, idealizado para auxiliar processos terapêuticos na área de saúde mental.

Estude no IFSC

Para ingressar no curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, o aluno deve ter o Ensino Médio completo. A seleção dos candidatos se dá por meio do Sisu, que utiliza as notas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Pelas normas do edital divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), as inscrições para o primeiro semestre de 2019 serão feitas exclusivamente pela internet, por meio da página eletrônica do Sisu, no período de 22 de janeiro de 2019 até as 23h59 de 25 do mesmo mês, observando o horário oficial de Brasília.

ENSINO