Pular para o conteúdo

Notícias

Professor e alunos montam canal de vídeos sobre soldagem

ENSINO Data de Publicação: 13 fev 2019 16:00 Data de Atualização: 13 fev 2019 08:58

Precisa de informações sobre soldagem? Soldagem por fricção? Ou quem sabe soldagem por atrito? E que tal entender mais sobre corte a plasma? Todos esses processos utilizados em mecânicas e indústrias variadas são o assunto do canal do Youtube “Aqui se faz, aqui se solda!”, criado dentro do Câmpus Xanxerê.

O canal é fruto de uma ação de extensão, desenvolvida no final de 2018, pelo professor Júlio Silva com o auxílio das estudantes do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Mecânica, Leticia Elizabeth Arno, Julia Trevisan e Eduarda Regina Rissi.

O professor conta que a ideia de gravar vídeos sobre um dos assuntos que ele ministra aulas, a soldagem, surgiu em razão de diversos fatores. Entre eles, para auxiliar os próprios alunos a captarem de forma mais consistente alguns conhecimentos. “A nossa atual plataforma de integração com os alunos, o Sigaa permite a inserção de material didático. Pensei o seguinte: Quem disse que tem que ser somente material escrito?”, questiona Julio.

O conhecimento, para o professor, também pode ser compartilhado com o público externo ao IFSC. “Meu objetivo é oferecer vídeos atrativos e úteis, que façam as pessoas pensarem: nossa! Que legal! Se o vídeo é legal assim, como não será então estudar lá? Como não será participar destas atividades no próprio câmpus?”, enfatiza.

Julio ainda quer profissionalizar os assuntos publicados em vídeo sobre solda. “Sempre que procurei algum material no formato de vídeo na internet para preparar minhas aulas, me deparei com materiais apresentados de forma pouco técnica, por pessoas sem qualificação, ou o material era produzido com fins comerciais e abordava apenas tópicos de interesse do fabricante”, destaca.

Com todos esses motivos e as ideias na cabeça, foi o momento de partir para a ação, montando o canal, gravando e editando vídeos com o auxílio dos alunos voluntários e criando uma abertura padrão com a ajuda da própria filha.

“Meus atuais estudantes de soldagem estão dando sugestões sobre assuntos para os próximos vídeos. Somos uma instituição pública. Não temos nenhum motivo para limitar o conhecimento apenas ao alcance daquelas pessoas que estão matriculadas em nossos cursos. Temos que promover a divulgação das técnicas corretas em nossas diversas áreas de atuação. Temos que mostrar o que sabemos. Temos que fazer com que as pessoas tenham vontade de vir estudar aqui e conheçam o IFSC”, acredita o professor.

E ele ainda faz um convite: para quem quiser ter uma ideia de como é estudar no IFSC pode começar nos cursos de qualificação rápida. As inscrições são até 17 de fevereiro, por meio do site do Instituto. Em Xanxerê, o curso de Soldador MIG/MAG é uma das opções. Saiba mais aqui.

Conheça o canal

 

ENSINO CÂMPUS XANXERÊ