Pular para o conteúdo

Notícias

Aplicativo desenvolvido por professora do IFSC auxilia estudantes na redação

CÂMPUS ARARANGUÁ Data de Publicação: 28 fev 2019 09:20 Data de Atualização: 28 fev 2019 09:27
Aplicativo desenvolvido por professora do IFSC auxilia estudantes na redação

A redação costuma ser um tormento para os estudantes que prestam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Estar atualizado sobre possíveis temas, ter domínio da Língua Portuguesa e estruturar uma argumentação lógica com pouco tempo - e muita pressão - são desafios para os candidatos.

Como auxiliar estudantes dos ensinos Fundamental e Médio foi o desafio a que se propôs Fabiana Fernandes, professora de Língua Portuguesa do Câmpus Araranguá. Em uma pesquisa desenvolvida no programa de pós-graduação em Tecnologias da Informação e Comunicação da Universidade Federal de Santa Cataria (UFSC), em parceria com o IFSC, a professora e o então graduando Igor Borghezan criaram o “Meu Texto”, um aplicativo que reúne dicas de redação e gramática, sugestões de temas, competências exigidas na redação do Enem e exercícios a serem desenvolvidos em sala de aula.

O aplicativo já está na segunda versão e foi aplicado com duas turmas de Ensino Médio Técnico do Câmpus Araranguá, como parte do projeto de pesquisa de Fabiana. “Uma turma fez a redação usando o aplicativo, enquanto a outra turma trabalhou o mesmo tema, mas sem o uso do aplicativo. Fizemos um comparativo e a turma que utilizou o aplicativo teve uma nota um pouco melhor, além dos comentários e observações sobre terem gostado da atividade”, conta a professora.

O aplicativo está disponível gratuitamente na Play Store e já conta com 25 mil downloads. O sucesso, avalia a professora, se deve à gratuidade e à característica de reunir as orientações mais importantes para uma boa redação em um só lugar.

“Na pesquisa que realizamos sobre os aplicativos existentes, percebemos que a maioria é paga. Além disso, há muitos aplicativos com temas específicos, enquanto nós reunimos tudo num lugar só”, diz Fabiana. “No geral, a experiência foi muito boa e os alunos demonstraram facilidade. Se tem uma plataforma legal, com conteúdo intuitivo, o aluno usa com tranquilidade. Fiquei contente com o resultado”, conclui.

O aplicativo prevê ainda um espaço para uso dos professores, mas a funcionalidade ainda não está liberada. A equipe pretende atualizar a plataforma com novos temas e planeja a ampliação do projeto de pesquisa.

Enem 2019

Nesta semana, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o cronograma do Enem 2019. As inscrições serão de 6 a 17 de maio e as provas serão nos dias 3 e 10 de novembro. Para mais informaçõs, clique aqui.

CÂMPUS ARARANGUÁ INSTITUCIONAL