Pular para o conteúdo

Notícias

Curso de Saneamento apresenta projetos no primeiro congresso catarinense do setor

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS Data de Publicação: 29 ago 2017 21:00 Data de Atualização: 06 fev 2018 15:34

 

Cerca de 100 alunos e docentes do Câmpus Florianópolis participarão esta semana do primeiro Congresso Catarinense de Saneamento (Concasan), nos dias 31 e 1º de setembro, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras.

O objetivo do evento é o debate do tema "Tratar Água é Tratar Vida". Além da participação acadêmica, o Departamento Acadêmico de Construção Civil (DACC) terá um estande na Feira de Saneamento, que será realizada paralela ao Concasan. No espaço, além de banners e metodologias de laboratório, serão apresentados alguns projetos integradores (PIs) de turmas de formandos do curso técnico em Saneamento.

Um dos projetos a serem apresentados é o que propõe a criação de um Laboratório de Experimentação em Resíduos Sólidos, apresentado pelos formandos do primeiro semestre de 2016. Como a legislação exige das instituições, públicas e privadas, um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), e esse gerenciamento começa pela caracterização dos resíduos, os alunos consideraram que a implantação de um laboratório ajudaria os profissionais formados no câmpus a entenderem na prática como realizar a caracterização de resíduos, de modo que os resultados auxiliem na tomada de decisões para o adequado gerenciamento e gestão de resíduos. Durante a pesquisa, o grupo inclusive montou uma maquete de um aterro sanitário completo, que também será apresentada no estande.

Também será apresentado um projeto que propõe o aproveitamento do óleo de fritura residual do restaurante do Câmpus Florianópolis. A ideia é realizar oficinas e eventos voltados aos diversos públicos da instituição para a produção de sabonetes, sabonetes líquidos, sachês e sabão em barra, todos feitos com óleo de cozinha reciclável. “Um dos objetivos é produzirmos saneantes econômicos, inclusive com a intenção de doar para o Asilo São Joaquim, que fica em frente ao câmpus e passa por dificuldades econômicas”, explica a professora Elivete Prim, do DACC, que coordenou os PIs.

De acordo com Elivete, apesar de professores e alunos sempre se organizarem para participar de eventos cientifícios em todo o país e também fora dele, é importante a presença do Câmpus no primeiro evento específico da área realizo em Santa Catarina. “O evento é organizado pela Casan, empresa com a qual temos uma relação estreita, que nos possibilita muitas visitas técnicas e nos ajuda muito na formação dos nossos estudantes. E a comissão organizadora se esmerou nos convidados. Teremos palestrantes de alto nível, inclusive George Tchobanoglous, da Universidade da Califórnia e cujos livros, atualmente, são usados em todos os cursos da área de Saneamento”.

“Eventos desse tipo servem para fazer contatos, conhecer diferentes tipos de empresa e enriquecem muito as possibilidades profissionais. Inclusive pode fazer despertar interesses em áreas específicas do Saneamento, pelo contato com profissionais de diferentes instituições e com diferentes pesquisas”, conclui a professora.


Sabrina Brognolli D'Aquino | Jornalista Câmpus Florianópolis

 

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS