Pular para o conteúdo

Notícias

Exibições do Festival do Minuto começam hoje

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS Data de Publicação: 12 mai 2014 21:00 Data de Atualização: 07 fev 2018 08:55

 

Uma série de produções audiovisuais em formato curtíssimo, de apenas um minuto, será exibida gratuitamente no Câmpus Florianópolis, desta terça (13) até sexta (16). As sessões terão filmes da Mostra Melhores Minutos de 2013 do Festival do Minuto e também do Minuteen 2013 (vídeos produzidos por crianças e adolescentes de até 14 anos).

 

Este é o segundo ano da Mostra no Câmpus Florianópolis, organizada pela Coordenadoria de Atividades Artísticas. Todos os anos o Festival do Minuto apresenta o que há de mais criativo na produção recente de formato curtíssimo, difundindo este tipo de produção pelo país. A censura é livre e as exibições são abertas ao público. As sessões serão realizadas em mais de 150 cidades no Brasil, incluindo Florianópolis.

 

Confira a programação no Câmpus Florianópolis. Todas as exibições são no Auditório.

 

Terça, 13 de maio

das 9h40 às 11h30 e das 13h30 às 15h20

Melhores Minutos de 2013 (seleção de vídeos de animação - 42 min)

 

Quarta, 14 de maio

9h40 às 11h30 e das 15h40 às 17h30

Melhores Minutos de 2013 (42 min)

 

Quinta, 15 de maio

9h40 às 11h30 e das 13h30 às 15h20

Melhores Minutos de 2013 (42 min) + Minuteen (18 min)

 

Sexta, 16 de maio

das 9h40 às 11h30 e das 15h40 às 17h30 - Minuto Animação (44 min)

 

Sobre o Festival do Minuto

 

O projeto é uma realização da Prefeitura de São Paulo, via Cultura, com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, Museu da Imagem e do Som (MIS), Pontos MIS, Programa de Ação Cultural (PROAC), Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura.

 

O Festival do Minuto foi criado, em 1991, pelo cineasta e curador Marcelo Masagão. A partir do evento brasileiro, outros festivais do gênero foram criados em mais de 50 países. Atualmente é permanente e online, e recebe anualmente milhares vídeos através de seu portal.

 

Seu acervo inclui vídeos de realizadores que hoje são conhecidos pela produção de longas-metragens, como os diretores Fernando Meirelles (Cidade de Deus, O Jardineiro fiel, 360), Beto Brant (O Invasor, Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios), Tata Amaral (Um céu de estrelas, Antônia, Hoje), Anna Muylaert (Durval Discos, É proibido fumar), entre outros. Saiba mais em http://www.festivaldominuto.com.br/.  

 

CÂMPUS FLORIANÓPOLIS