Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Canoinhas comemora aniversário e perspectiva de crescimento com aprovação de novo curso superior

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 18 jun 2018 09:39 Data de Atualização: 18 jun 2018 10:33

Na comemoração do seu sétimo aniversário, o Câmpus Canoinhas teve tudo o que um aniversariante tem direito: a presença dos amigos, discursos enfáticos de reconhecimento de sua importância, muitos “vivas!”, música, o tradicional “Parabéns pra você”, bolo e presentes. A solenidade festiva aconteceu na noite desta quinta-feira (14), em alusão à data de inauguração e entrega do Câmpus à comunidade, realizada no dia 18 de fevereiro de 2011. A celebração tardia teve um bom motivo: o Câmpus estava passando por obras de adequação e pintura e queria estar bonito na festa. Toda programação foi transmitida ao vivo pelo facebook do Câmpus.

“Novinho em folha”, o Câmpus Canoinhas recebeu estudantes, egressos, servidores, autoridades, empresários e parceiros para comemorar o passado de inúmeras conquistas obtidas na curta, mas intensa, história do IFSC no Planalto Norte catarinense e, principalmente, os planos de um futuro ainda melhor. “Nossa história está só começando. Temos um compromisso com esta região e precisamos continuar contando com o apoio de todos para fortalecermos ainda mais a nossa atuação aqui”, disse a diretora do Câmpus Canoinhas, Maria Bertília Oss Giacomelli.

Participaram da mesa de honra o deputado federal Pedro Uczai; deputado estadual Antônio Mauro Rodrigues de Aguiar; prefeito de Canoinhas, Gilberto dos Passos; vice-prefeito Renato Jardel Gurtinski; assessora de Comunicação da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), em Mafra, Carla Fatima Brey Lachmann; e o presidente da Câmara de Vereadores de Canoinhas, Mário Renato Erzinger.

Agronomia

Depois de fazer uma apresentação da linha do tempo e de conquistas do IFSC em Canoinhas, a diretora Maria Bertília anunciou o primeiro presente para a comunidade escolar: a aprovação, no Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), na reunião desta quarta-feira (13), do curso de bacharelado em Agronomia, para início já no ano que vem. O curso só precisa da aprovação do Conselho Superior (Consup) para homologação da oferta no Câmpus Canoinhas.

A apresentação do projeto de Agronomia foi realizada pelo professor Jefferson Schcik, que vai coordenar o curso. “Cursos nesta área são uma necessidade da região, que tem 14.245 propriedades agropecuárias e 24% de seu PIB proveniente da agropecuária. Mesmo assim, nosso PIB tem uma baixa representação no estado, com apenas 3%. Neste sentido, o IFSC tem uma responsabilidade grande de contribuir para fortalecer a vocação agropecuária do Planalto Norte, com a diversificação de culturas e incremento de valor agregado à produção”, explicou.

Conforme Schick, a falta de formação na área é um dos fatores que contribuem negativamente para estes índices. Conforme dados do Plano de Desenvolvimento Regional da Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense (PDR Amplanorte), apenas 5,7% da população dos dez municípios da região têm o ensino superior completo, porcentagem bem abaixo da média brasileira, que é de 8,3%, e ainda menor que a média de Santa Catarina, que é de 9,7%.

Para a oferta do curso, o IFSC já fez a sua parte: contratou os professores necessários, trabalhou parcerias com o Centro de Educação Profissional Vidal Ramos (o colégio agrícola), com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Floresta Nacional de Três Barras e cooperativas e viabilizou o projeto de construção de um novo bloco de salas e laboratórios.

Infraestrutura

Autor de uma emenda parlamentar no orçamento deste ano, no valor de R$ 250 mil, para a construção do Bloco Agrícola, o deputado federal Pedro Uczai garantiu mais um presente ao Câmpus Canoinhas, durante seu discurso na noite desta quinta: a destinação de mais uma verba de R$ 100 mil para a obra. Conforme Maria Bertília, os recursos são importantes para complementar o aporte financeiro para a construção já garantido pela reitora do IFSC, Maria Clara Kaschny Schneider.

Os outros dois presentes recebidos pelo Câmpus Canoinhas vieram do prefeito Gilberto dos Passos, que se comprometeu em destinar mais uma área ao IFSC para ampliação do Câmpus e, enquanto presidente da Amplanorte, assumiu o compromisso de que a Associação vai continuar apoiando e fortalecendo o IFSC. As ofertas atendem às necessidades do Câmpus, que vai precisar de um terreno maior para implantação da área experimental do curso de Agronomia e do apoio das prefeituras para efetivação de parcerias que garantam o funcionamento do curso.

Reconhecimento

Com pouco mais de sete anos de funcionamento, o Câmpus Canoinhas já faz diferença na história da região, especialmente no que diz respeito à valorização da educação e do ensino público de qualidade como fatores de desenvolvimento socioeconômico e cultural. “A educação inspira a gente a acreditar na gente. Só com educação, poderemos conhecer as nossas capacidades profissionais”, disse a vereadora Norma Pereira. “A região tem uma vocação diferenciada e um povo que quer transformar. Nosso desafio é unir esta região”, declarou o ex-prefeito Leoberto Weinert.

União e compromisso regional também foram destaques nas falas dos membros da mesa. “Precisamos criar alternativas de trabalho”, disse vereador Mário. “Reassumimos o compromisso de continuar buscando apoio em todas as esferas políticas”, declarou o vice-prefeito. “Podem continuar contando com a parceria da ADR”, garantiu Carla Lachmann.

“A vinda do IFSC atendeu a um anseio da região e todos batalharam para que fosse possível: empresários, poder público e comunidade. Isso engrandeceu a luta”, destacou deputado estadual Antônio Aguiar. “Até a instalação do Instituto em Canoinhas, muitos jovens deixavam de estudar por falta de oportunidade, por não poderem pagar uma faculdade particular”, lembrou o prefeito Gilberto dos Passos.

Já o deputado federal Pedro Uczai elogiou a iniciativa de verticalização dos institutos federais, que oferece diversas modalidades de cursos dentro de uma mesma área, dos cursos rápidos de profissionalização até a pós-graduação, e a missão do IFSC. “Esta é a transformação que o instituto faz. Transforma o aluno e transforma a região, porque promove não só o ensino técnico, mas a inclusão e a formação do cidadão, como está em sua missão”, enalteceu.

Homenagens

A solenidade festiva ganhou ainda mais alegria com o lançamento do novo vídeo institucional do Câmpus Canoinhas, a apresentação cultural promovida por alunos, servidores e membros do Núcleo de Cultura e Arte (NuCA), sob coordenação da professora de Artes, Micheline Raquel de Barros, e homenagem aos alunos Luis Felipe Borges, Maher Ben David Ramos Daoud e Gustavo Gabriel Hoffmann, que se destacaram pelo raciocínio diferenciado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) do ano passado.

E, para completar as homenagens, a diretora Maria Bertília anunciou que o novo Bloco Agrícola receberá o nome da professora Cristina Duda, falecida em 25 de agosto do ano passado. “Àquela que plantou tantas sementes no Câmpus, entre elas o curso de Agronomia, e hoje acompanha, de outro lugar, essa e tantas outras conquistas de seus colegas e amigos, nosso muito obrigado”, dedicou.

INSTITUCIONAL