Pular para o conteúdo

Notícias

Turma de Eletrotécnica promove melhorias em iluminação de escola de Criciúma

ENSINO Data de Publicação: 27 jun 2018 09:51 Data de Atualização: 27 jun 2018 10:08
O curso técnico em Eletrotécnica do Câmpus Criciúma tem duração de quatro semestres. No último módulo do curso, os alunos colocam em prática o trabalho de conclusão, chamado “Projeto Integrador”. Uma oportunidade para colocar em prática os conhecimentos e, principalmente, disponibilizá-lo a serviço da comunidade.
 
Foi o que fizeram Marcelo Machado, Sander Fernandes e Willian Simon, futuros técnicos em Eletrotécnica formados pelo IFSC. Os três colegas desenvolveram um projeto de readequação da iluminação da Escola Estadual de Básica Ignácio Stakowski, vizinha do Câmpus Criciúma, que conta com 611 estudantes de Ensino Fundamental e Ensino Médio.
 
A equipe de alunos fez o levantamento da iluminação e das dimensões das salas de aula, elaborando um projeto luminotécnico a fim de identificar as necessidades nos ambientes da escola. Com os materiais fornecidos pela direção da escola, os alunos foram ao trabalho, e contaram com ajuda dos demais colegas da turma.
 
Os alunos trocaram lâmpadas queimadas e fluorescentes em bom estado por lâmpadas de Led, que são ainda mais econômicas, em salas de aula e área de convivência da escola. As lâmpadas queimadas foram recolhidas e serão descartadas adequadamente.
 
Para Willian, que trabalha como mecânico de manutenção, foi uma oportunidade para colocar em prática o conhecimento sobre uma área nova, à qual pretende se dedicar após a formatura. “Foi uma experiência edificante. Não sou eletricista, então quando a gente tem oportunidade de fazer algo assim, na prática, é bem legal. Fizemos todo o cálculo, um projeto bem elaborado. Em alguns casos tivemos que subir no forro, puxar fiação. Foi bem legal para ver na prática como funciona. E para ajudar também, já que a escola precisava”, conta o aluno.
 
Parceria
 
De acordo com a diretora da escola, Janaína Silvano, a mudança já se fez sentir até entre os alunos da manhã. “Já conseguimos verificar o resultado mesmo no período da manhã. Já fez diferença. E os alunos do noturno também ficaram agradecidos porque melhorou muito”, relata a diretora, destacando a importância da parceria entre as instituições de ensino. “Muitas vezes temos o recurso para investir mas nem todo o recurso para a mão de obra. Então o trabalho veio para somar, em um momento em que estávamos precisando. Parcerias são sempre bem vindas, inclusive de outras áreas do IFSC”, afirma.
 
Já é tradição no curso de Eletrotécnica que os formandos desenvolvam seus trabalhos de conclusão em escolas e instituições. “A ideia é que o Projeto Integrador sempre tenha uma aplicação prática, para tirar os alunos da sala de aula”, resume Philippe Pauletti, professor da disciplina ao lado de Guilherme Manoel da Silva.
 
Nos últimos anos, alunos do técnico em Eletrotécnica já desenvolveram projetos junto à Casa Guido, à escola infantil municipal Maria de Assis Góes e à Escola Básica Serafina Miliolli Pescador.
 
Estude no IFSC
 
Ficou interessado(a) em estudar no IFSC? Acesse nosso calendário e conheça o período de inscrições para cada tipo de curso. Se desejar, deixe o seu e-mail no nosso Cadastro de Interesse que enviaremos uma mensagem quando estivermos com processo seletivo aberto.
ENSINO