Pular para o conteúdo

Notícias

Pesquisa auxilia no atendimento a alunos com problemas de aprendizagem e é destaque no Sepei

EVENTOS Data de Publicação: 03 jul 2018 14:49 Data de Atualização: 05 jul 2018 09:10
Pesquisa auxilia no atendimento a alunos com problemas de aprendizagem e é destaque no Sepei

 As dificuldades enfrentadas pelos alunos em sala de aula, onde alguns já as demonstram desde o início, e outros no decorrer do curso. A realidade inerente ao processo de aprendizagem inquietou o professor do Câmpus Tubarão, Felipe Schneider Costa. Resultado: pesquisa para identificar problemas e soluções no atendimento aos alunos, visando ao acompanhamento, à permanência e ao êxito dos estudantes. O trabalho, “Atendimento pedagógico a alunos com dificuldades de aprendizagem”, foi um dos destaques do 6º Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (Sepei), realizado em setembro passado, no Câmpus Itajaí. O Sepei 2018 já está agendado para os dias 18, 19 e 20 de setembro, no Câmpus Florianópolis-Continente. 

Felipe desenvolveu um diário de classe digital para ser utilizado como ferramenta de apoio à aprendizagem, proporcionando uma visão sobre como cada aluno constrói seu conhecimento da disciplina. Através desse suporte e dos questionários aplicados a professores, técnico-administrativos e estudantes do curso técnico em Informática do Câmpus Tubarão, o docente percebeu que a demora no atendimento ao estudante com dificuldade tem consequências importantes. Segundo ele, a demora no atendimento ao aluno com dificuldade pode resultar na reprovação ou mesmo, no pior dos casos, na evasão do curso.  

Por outro lado, quando o histórico do aluno é compartilhado entre professores e o setor pedagógico, é possível aperfeiçoar este atendimento. De acordo com Felipe, é possível reconhecer que existe solução para as dificuldades de aprendizagem, responsáveis muitas vezes pela retenção e evasão dos alunos, e que o uso da tecnologia pode facilitar e agilizar o processo de acompanhamento e atendimento ao aluno. 

A edição 2017 do Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação registrou 1,1 mil participantes inscritos, entre servidores, alunos e membros da comunidade externa; 310 trabalhos científicos apresentados e mais de 1 mil avaliações distribuídas em 22 bancas. Ainda, foram ofertadas 15 oficinas, quatro minicursos e quatro roteiros culturais.

A IFSC TV acompanhou os três dias do evento e nos possibilita conhecer um pouco mais da edição 2017

Sepei 2018

“ConsCiência: a escola que transforma” é o tema central da 7a edição do Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (Sepei 2018), que acontece de 18 a 20 de setembro, aberto à comunidade externa, com o objetivo de divulgar as experiências e os resultados das práticas de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidos pela comunidade acadêmica do IFSC. As  inscrições estão abertas até 29 de julho. Após se inscrever o interessado tem acesso à área de submissão de trabalhos. 

O Sepei 2018 será realizado no Câmpus Florianópolis-Continente e reunirá relatos de experiências nas modalidades “apresentação oral” e “mostra digital de pôster”. Os trabalhos estarão divididos sob quatro temáticas: Formas de comunicar, discursos, movimentos culturais e mediação educacional; Meio ambiente, tecnologias e os desafios à sustentabilidade no contemporâneo; Desafios educacionais no Brasil de hoje, inovação didática e fazer profissional inclusivo; e Processos produtivos, tecnologias e tendências para o presente e o futuro.

Modalidades

O Seminário tem duas modalidades para submissão de trabalhos (interna e externa). Todos os trabalhos devem ser submetidos em formato de resumo expandido, conforme orientação presente no Regulamento do evento. A modalidade interna de participação reunirá atividades de discentes e servidores do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), vinculadas ao ensino, à pesquisa, à extensão e à inovação, e serão selecionadas por seus respectivos câmpus e reitoria, de acordo com o quantitativo de vagas. 

Já a modalidade externa de participação reunirá até 16 apresentações orais de discentes de ensino técnico, graduação e pós-graduação, sem vínculo com o IFSC. A seleção de trabalhos nessa modalidade será exclusivamente para apresentações orais a partir de avaliação da Comissão Central, e para cada trabalho selecionado será permitida a participação de somente uma pessoa. 

EVENTOS