Pular para o conteúdo

Notícias

Estudantes exercitam conhecimentos de Administração por meio da venda de lanches

ENSINO Data de Publicação: 27 ago 2018 16:30 Data de Atualização: 27 ago 2018 17:40

Em um dos projetos inscritos no Prêmio IFSC de Inovação, estudantes do curso técnico em Administração do Câmpus Garopaba exercitaram conhecimentos sobre planejamento e gerenciamento de risco, além de colocarem em prática a criatividade e responsabilidade. Tudo isso por meio da venda de lanches para a comunidade interna do câmpus. “A ideia é que seja um laboratório de Administração”, explica a professora Rosane Maria Neves, uma das responsáveis pelo projeto.

Num período em que o câmpus ficou sem serviço de cantina, os estudantes começaram a organizar a venda de lanches, que eles mesmos traziam de casa, no período da tarde. Às segundas e quartas, a turma da quinta fase fazia a venda. Às terças e quintas, era a vez da terceira fase, sempre nos intervalo das aulas, no hall do câmpus. Grupos de quatro ou cinco alunos trabalham nesses períodos e eles próprios se organizam. “Aos poucos, eles foram resolvendo os problemas”, diz Rosane.

A motivação para o projeto foi levantar dinheiro para a viagem de formatura, que vai ser para o Rio Grande do Sul. Cada turma tem sua “caixinha”. “Uma turma, quando entrega a caixa para a outra, sente orgulho de ter aumentado o dinheiro”, conta Rosane.

“Posso usar o conhecimento que adquiri no curso para tudo”, resume a estudante Amanda de Souza, 18 anos, participou do projeto quando esteve na quinta fase (hoje está na sexta). Para ela, a maior dificuldade foi organizar a entrega dos produtos, mas colocar em prática o que aprenderam em sala de aulas “foi bem bacana”. Ela comenta que a turma não esperava tanto lucro como tiveram.

A também estudante Milena de Azevedo Costa, da quarta fase, também considera positivo colocar os conhecimentos obtidos nas aulas em prática. “Esta experiência tem se tornado o nosso laboratório. É a prática pura da administração. Vender e estar em constante comunicação com as pessoas é algo que está diretamente ligado ao curso", avalia.

Os benefícios que Milena obteve com o projeto foram além da formação profissional, mas também para a vida. “Ele me mostrou que eu sou capaz de fazer qualquer coisa, bastando apenas ter força de vontade. Ele me ajuda a ser organizada e de estar preparada para imprevistos”, afirma. “O projeto, por fim, me proporcionou também a trabalhar em grupo, e principalmente a ver que quando nos unimos num propósito, somos mais fortes”, completa.

Além de Rosane, são responsáveis pelo projeto as professoras Fabiana de Agapito Kangerski e Fabiana Besen. O Prêmio IFSC de Inovação visa reconhecer práticas inovadoras efetivamente implementadas por servidores do IFSC. A edição 2018 oferece duas categorias para participação: Inovação em gestão na Educação Profissional e Tecnológica (EPT) e Inovação em sala de aula na Educação Profissional e Tecnológica (EPT). A premiação dos vencedores será feita em dezembro.

ENSINO CÂMPUS GAROPABA