Pular para o conteúdo

Notícias

Curso técnico em Teatro faz 1ª apresentação pública de trabalhos de representação teatral

CÂMPUS JOINVILLE Data de Publicação: 14 jul 2022 10:17 Data de Atualização: 14 jul 2022 10:27

As apresentações teatrais estão de volta ao palco do auditório do Câmpus Joinville. E, pela primeira vez, o espaço receberá os estudantes do curso técnico em Teatro para apresentação pública da Mostra dos Trabalhos de Representação Teatral I, nos dias 18 e 19 de julho, à tarde. Ao todo, serão cinco peças para apreciação de alunos, servidores e público externo.

Os trabalhos foram desenvolvidos neste semestre do curso técnico de Teatro. Na unidade curricular de Representação Teatral I, os alunos aprendem técnicas essenciais para o desenvolvimento de uma personagem dramática em um texto dramático, como: objetivo geral, objetivo de cena, conflito, progressão dramática quantitativa e qualitativa e monólogo interior.

“O contato com o público é um dos pilares do fazer teatral, por isso há esse momento em que os/as estudantes-atores/atrizes precisam se encontrar com os espectadores”, enfatiza o professor de teatro, literatura e língua portuguesa do Câmpus Joinville, Samuel Ivan Kühn.

O técnico em Teatro é o curso mais novo do Câmpus Joinville, iniciado em 2020 e com duas turmas em andamento. Seu objetivo é formar, qualificar, instrumentalizar e capacitar tecnicamente atores e atrizes para atuarem profissionalmente. O curso tem duração de quatro semestres, com aulas no período vespertino, e é destinado a estudantes que fazem o Ensino Médio em outras escolas.

Programação

- 18-07 - 14h | Dois Perdidos numa Noite Suja, de Plínio Marcos

Em um quarto de hospedaria de última categoria, dois explorados e ferrados vivem à margem da sociedade alfinetando-se em direção ao inferno. Este texto de Plínio, escrito em 1962, é uma obra-prima da dramaturgia brasileira e terá 25% apresentado ao público.

- 18-07 - 16h | Última Instância, de Carlos Queiroz Telles

Após assassinarem um inocente, um aposentado, um miliciano, uma garota e uma dona de bar revelam o que realmente ocorreu. De 1968, período da ditadura civil-militar no Brasil, a dramaturgia escancara a violência arraigada na cultura brasileira em diversas instâncias.

- 18-07 - 17h | O Enterro, de Jorge Raskolnikov

Amigas se encontram para velar a amiga morta por razões até então estranhas e confusas. Aquele momento que normalmente seria de luto revela que a morta não era tão amada assim pelas amigas. O Enterro é uma comédia que revela as falsidades das relações entre pessoas próximas.

- 19-07 - 14h | 1/3 de Divorciadas, de Gustavo Ott

Duas mulheres se encontram em uma estação de metrô. Enquanto uma revela a sua trágica vida e seus amores e desamores, a outra apenas quer que seu trem venha. Esta tragicomédia de Gustavo Ott possui três partes, e o público poderá curtir a primeira.

- 19-07 - 16h | Papo-Calcinha, de Alessandra Cifali

Ao se arrumarem para sair numa noite, um grupo de amigas conversa sobre temas presentes na juventude, como: amor, paixão, sexo, compromisso, dinheiro, DSTs, métodos contraceptivos, hormônios etc. Cada uma delas vive suas questões, suas dúvidas, suas inseguranças, e as amigas servem como amparo diante de uma possível grávida, uma infectada com HIV...

CÂMPUS JOINVILLE EVENTOS

Nó: liferay-ce-prod02

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.