Pular para o conteúdo

Notícias

Servidores do IFSC são finalistas da etapa estadual do Prêmio Confap de Ciência, Tecnologia e Inovação

INSTITUCIONAL Data de Publicação: 29 set 2022 13:44 Data de Atualização: 29 set 2022 14:03

A jornalista Marcela Monteiro de Lima Lin Beltrame (Reitoria) e o professor Tiago Savi Mondo (Câmpus Florianópolis-Continente) estão entre os finalistas da etapa estadual do Prêmio Confap de Ciência, Tecnologia e Inovação, de caráter nacional e concedido pelo Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa. Marcela concorre na categoria Profissional de Comunicação e Tiago, na categoria Pesquisador Inovador.

A divulgação do resultado final vai ser feita pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), organizadora da premiação em nível estadual, na data prevista de 20 de outubro. Caso vençam em suas categorias, Marcela e Tiago vão representar Santa Catarina na etapa nacional do prêmio.

A jornalista Marcela Lin é finalista com a reportagem "Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador: um panorama da pesquisa no IFSC", publicada no Portal do IFSC. A produção multimídia traz dados sobre a pesquisa no IFSC, além de apresentar um histórico do processo na instituição e destacar o tipo de pesquisa feita em um instituto federal. O conteúdo contou com texto, vídeos e infográfico, envolvendo outros profissionais da Diretoria de Comunicação (Dircom), da Reitoria.

Para Marcela, que em 2021 já foi finalista do mesmo prêmio, ser selecionada novamente reforça a importância do jornalismo do IFSC na divulgação científica. "Num momento em que a ciência e o jornalismo têm sido tão atacados para gerar um descrédito intencional, fico feliz de ser reconhecida nesta profissão e com uma reportagem que mostra a importância da pesquisa científica para o nosso País", afirma.

O case inscrito pelo professor Tiago Mondo para o Prêmio Confap conta a trajetória profissional e acadêmica dele, que publicou seu primeiro artigo em 2010 e, desde então, já teve 89 publicações em 41 periódicos indexados (Qualis ou Scupus) das áreas de administração, turismo e economia. A maior contribuição de Tiago na área de pesquisa é o TourQual, a primeira metodologia de gestão da qualidade em destinos e equipamentos turísticos criada cientificamente, validada e registrada.

Desde 2014 pesquisas acadêmicas e consultorias de mercado têm sido realizadas usando a ferramenta. Em 2021, o TourQual foi finalista do Prêmio Turistech Brasil, promovido pelo Ministério do Turismo e pela a Wakalua (Hub de Inovação da Organização Mundial do Turismo). Ainda no ano passado, foi finalista no Desafio São Paulo de Inovação no Turismo, sendo primeira colocada na categoria “Academia e Consultoria” e terceira no ranking geral. Em 2022, ela foi usada na Pesquisa Nacional de Avaliação da Qualidade de Serviços Turísticos, coordenada por Tiago, realizada em parceria com a Rede Brasileira de Observatórios de Turismo e considerada uma das maiores pesquisas já realizadas no âmbito do turismo no Brasil, com 223 atrativos turísticos pesquisados em 14 estados brasileiros.

“Ser selecionado e representar todos os pesquisadores do IFSC é motivo de muita alegria e responsabilidade. Ser finalista estadual e estar entre os três pesquisadores destaque na área de gestão pública é uma honra e mostra que a dedicação e o trabalho que temos feito tem dado resultado prático na realidade da gestão pública do turismo”, diz  Tiago.

Para mais informações, acesse o site da Fapesc.

 

INSTITUCIONAL

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.