Edital

Edital 15/DEING/2023-1: Cursos Técnicos Concomitantes, Integrados e Subsequentes - Sorteio

Acesse o edital e veja todas as informações sobre o processo seletivo

Voltar ao Topo

Cursos

Câmpus Araranguá

Técnico subsequente em Automação Industrial - 32 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Mecânica - 32 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Produção de Moda - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Têxtil - 40 vagas (noturno)

Câmpus Caçador

Técnico integrado em Administração - 40 vagas (integral)
Técnico integrado em Informática - 35 vagas (integral)
Técnico integrado em Plásticos - 40 vagas (integral)
Técnico subsequente em Eletromecânica - 40 vagas (noturno)

Câmpus Canoinhas

Técnico concomitante em Manutenção e Suporte em Informática - 40 vagas (vespertino)
Técnico concomitante em Edificações - 40 vagas (vespertino)

Câmpus Chapecó

Técnico integrado em Sistemas de Energia Renovável - 35 vagas (matutino)
Técnico subsequente em Segurança do Trabalho - 40 vagas (noturno, com parte da carga horária em EaD)
Técnico subsequente em Mecânica - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletroeletrônica - 40 vagas (noturno)

Câmpus Criciúma

Técnico concomitante em Meio Ambiente - 45 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Edificações - 45 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletrotécnica - 45 vagas (noturno)

Câmpus Florianópolis

Técnico subsequente em Agrimensura - 27 vagas (matutino) e 27 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Desenvolvimento de Sistemas - 30 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Edificações - 30 vagas (matutino) e 30 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletrotécnica - 36 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletrônica - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Enfermagem - 30 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Geoprocessamento - 20 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Manutenção Automotiva - 36 vagas (matutino)
Técnico subsequente em Mecânica - 28 vagas (vespertino) e 28 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Meio Ambiente - 30 vagas (matutino)
Técnico subsequente em Meteorologia - 40 vagas (matutino)
Técnico subsequente em Saneamento - 30 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Segurança do Trabalho - 32 vagas (noturno)

Câmpus Florianópolis-Continente

Técnico subsequente em Cozinha - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eventos - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Nutrição e Dietética - 40 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Panificação - 40 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Restaurante e Bar - 40 vagas (matutino)
Técnico subsequente em Guia de Turismo – Nacional e América do Sul - 40 vagas (noturno)
Proeja Técnico em Panificação integrado ao ensino médio - 40 vagas (noturno)

Câmpus Garopaba

Técnico concomitante em Biotecnologia - 40 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Hospedagem - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Guia de Turismo Regional Santa Catarina - 25 vagas (noturno)

Câmpus Gaspar

Técnico subsequente em Administração - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Modelagem do Vestuário - 30 vagas (noturno)

Câmpus Itajaí

Técnico integrado em Recursos Pesqueiros - 40 vagas (integral)
Técnico subsequente em Aquicultura - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletroeletrônica - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Mecânica - 40 vagas (noturno)

Câmpus Jaraguá do Sul - Centro

Técnico subsequente em Têxtil - 35 vagas (vespertino) e 35 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Vestuário - 35 vagas (matutino)
Proeja Técnico em Vestuário integrado ao ensino médio - 35 vagas (matutino)

Câmpus Jaraguá do Sul - Rau

Técnico subsequente em Desenvolvimento de Sistemas - 35 vagas (vespertino)
Técnico subsequente em Eletrotécnica - 40 vagas (vespertino) e 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Mecânica - 32 vagas (matutino) e 32 vagas (noturno)

Câmpus Lages

Técnico subsequente em Biotecnologia - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletromecânica - 40 vagas (noturno)

Câmpus Palhoça Bilíngue

Técnico integrado em Comunicação Visual - 40 vagas - turma para ouvintes (vespertino)
Técnico integrado em Comunicação Visual - 20 vagas - turma para surdos (vespertino)
Técnico integrado em Tradução e Interpretação (Libras-Língua Portuguesa) - 40 vagas - turma para ouvintes (matutino)
Proeja Técnico em Manutenção e Suporte em Informática integrado ao ensino médio - 40 vagas (noturno)

Câmpus São Carlos

Técnico concomitante em Edificações - 40 vagas (noturno)
Técnico integrado em Agropecuária - 40 vagas (integral)
Técnico integrado em Edificações - 40 vagas (integral)

Câmpus São José

Técnico subsequente em Refrigeração e Climatização - 54 vagas (noturno)

Câmpus São Lourenço do Oeste

Técnico subsequente em Administração - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Desenvolvimento de Sistemas - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Logística - 40 vagas (noturno)

Câmpus São Miguel do Oeste

Técnico subsequente em Eletromecânica - 32 vagas (noturno)

Câmpus Tubarão

Técnico subsequente em Administração - 40 vagas (noturno)
Técnico subsequente em Eletrotécnica - 40 vagas (noturno)

Voltar ao Topo

Cotas

O IFSC oferece 50% das suas vagas para estudantes que cursaram o ensino fundamental em escolas públicas brasileiras, por meio do Sistema de Cotas para Escolas Públicas. As demais vagas são oferecidas por Ampla Concorrência. Dentro do Sistema de Cotas para Escolas Públicas há ainda cotas para candidatos de baixa renda, autodeclarados pretos, pardos e indígenas e pessoas com deficiência.

Saiba mais sobre o sistema de cotas

Faça o nosso quiz e descubra se você pode se inscrever pelo Sistema de Cotas do IFSC

Cotas para pessoas com baixa renda

Dentro do sistema de cotas, metade das vagas é reservada para os candidatos com renda familiar por pessoa igual ou menor a 1,5 salário mínimo. A outra metade é reservada para os candidatos com renda familiar por pessoa maior que 1,5 salário mínimo.

Cotas Raciais

Um percentual das vagas do Sistema de Cotas para Escolas Públicas é reservado para candidatos pretos, pardos ou indígenas - que é a cota chamada de PPI.

No caso de pretos e pardos, o que conta não é a sua ancestralidade (se você tem avós ou pais pretos, por exemplo), e sim suas características físicas. Para isso, o candidato que for selecionado para a vaga participa de uma banca de heteroidentificação.

Saiba mais sobre o procedimento de heteroidentificação no IFSC

Os candidatos autodeclarados indígenas passam por Comissão de Validação da Autodeclaração de Indígena, que faz apenas uma análise documental. Se for selecionado, o candidato deve apresentar à comissão o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena ou a Declaração de Pertencimento Étnico de Comunidade Indígena, juntamente do documento de identificação.

Cotas para pessoas com deficiência

Um percentual das vagas do Sistema de Cotas para Escolas Públicas é reservado para pessoas com deficiência, que é a cota chamada de PCD.

Entende-se por pessoa com deficiência aqueles que se enquadram nas seguintes condições: deficiência física, auditiva, visual, mental, pessoa com mobilidade reduzida e pessoa com transtorno do espectro autista.

Ao ser selecionado, o candidato deve apresentar um laudo comprovando sua condição para a Comissão Central de Análise dos Laudos.

Como se inscrever no Sistema de Cotas

Para participar do Sistema de Cotas, o candidato deve fazer a opção no momento da inscrição e posteriormente comprovar sua condição por meio do envio dos documentos indicados no edital de seleção quando efetuar sua matrícula.

É possível selecionar mais de uma categoria de cota na inscrição, ou seja, o candidato pode selecionar todas as categorias que correspondam à sua realidade (renda, raça e deficiência).

IMPORTANTE: Os candidatos aprovados pelo sistema de reserva de vagas/cotas só terão sua matrícula confirmada após a finalização das etapas de análise e bancas referentes à reserva de vaga/cota para a qual foi aprovado(a), podendo ter a matrícula cancelada caso não comprove que possui a condição necessária para utilização da cota.

Voltar ao Topo

Perguntas Frequentes

Para quais cursos posso me inscrever?
Qual o valor do curso e da taxa de inscrição?
Qual o período de inscrição?
Qual a diferença entre os cursos disponíveis?
Quem pode se inscrever?
Estrangeiros podem se inscrever nos cursos do IFSC?
Quem mora em outro Estado ou cidade pode se inscrever?
Quanto tempo dura o curso?
O IFSC oferece alguma assistência estudantil?
Posso fazer mais de um curso técnico do IFSC?
Como funciona o sistema de cotas?
Como será o processo seletivo?
Como fazer a inscrição?
Como saber se minha inscrição foi concluída?
Como posso alterar as informações da minha inscrição?
É possível uma pessoa fazer a inscrição para outra pessoa?
Como o candidato pode acompanhar as etapas do processo seletivo?
Já tem previsão de número de inscritos neste processo seletivo e da relação de candidato por vaga?
Quando sai o resultado?
O IFSC entra em contato com o candidato para informar que foi aprovado?
Como faço a matrícula?
Como funciona a lista de espera?
O que são vagas remanescentes?
Quando começam as aulas?
É possível trocar de curso?
Não tem o curso que eu quero neste processo seletivo. Quando abrem novas inscrições?
Ainda tenho dúvidas. Com quem posso falar?

Confira as respostas:

Para quais cursos posso me inscrever?

Neste processo seletivo, estão abertas 2.683 vagas em cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes, além de cursos Proeja (educação profissional integrada à educação de jovens e adultos) em 19 câmpus do IFSC. As cidades com vagas abertas neste momento são Araranguá, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Garopaba, Gaspar, Itajaí, Jaraguá do Sul, Lages, Palhoça, São Carlos, São José, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste e Tubarão.

Voltar para o início ↑

Qual o valor do curso e da taxa de inscrição?

Todos os cursos do IFSC são gratuitos. Também não há cobrança de taxa de inscrição para participar deste processo seletivo, já que a seleção será por sorteio.

Voltar para o início ↑

Qual o período de inscrição?

As inscrições podem ser feitas até 9 de dezembro.

Voltar para o início ↑

Qual a diferença entre os cursos disponíveis?

Os cursos técnicos integrados são voltados a quem já concluiu o ensino fundamental, ou comprovar a conclusão até a data da matrícula no IFSC. Neles, o estudante cursa o ensino médio e recebe a formação técnica no IFSC, com a mesma matrícula.

Os cursos técnicos concomitantes permitem que o estudante curse o ensino médio regular em outra instituição, em qualquer série, e receba a formação técnica no IFSC. Também é necessário haver compatibilidade de horário entre as atividades do ensino médio na outra instituição e as do curso técnico no IFSC.

Os cursos técnicos subsequentes são voltados a quem já concluiu o ensino médio, ou para quem comprovar a conclusão desse nível de ensino até a data da matrícula. 

Já os cursos Proeja/Técnico integrados ao ensino médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) são voltados a pessoas com mais de 18 anos que não concluíram o ensino médio na idade regular. Para ingressar, o interessado deve ter ensino fundamental completo e idade mínima de 18 anos até a data da matrícula.

Entenda melhor a diferença entre os cursos técnicos do IFSC neste post do Blog do IFSC

Voltar para o início ↑

Quem pode se inscrever?

Os pré-requisitos para se inscrever no IFSC dependem do tipo de curso.

Para se inscrever nos cursos técnicos integrados, é preciso ter o Ensino Fundamental concluído até a data da matrícula no IFSC que, neste processo, será até 16 de janeiro de 2023. 

Quem quer tentar uma vaga num curso técnico concomitante precisa estar cursando o Ensino Médio regular em outra instituição, podendo estar em qualquer série.

Já para se inscrever nos cursos técnicos subsequentes, é preciso  ter concluído o Ensino Médio também até a data de matrícula deste processo, ou seja, até 16 de janeiro de 2023. 

No caso dos cursos Proeja/Técnico integrados ao ensino médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), o interessado deve ter ensino fundamental completo e idade mínima de 18 anos até a data da matrícula.

Voltar para o início ↑

Estrangeiros podem se inscrever nos cursos do IFSC?

Sim, a inscrição deve ser feita pela internet da mesma forma. No edital, há as informações específicas para quem é estrangeiro - tanto nos documentos necessários para a inscrição quanto para a matrícula. Saiba mais detalhes também neste post publicado no Blog do IFSC.

Voltar para o início ↑

Quem mora em outro Estado ou cidade pode se inscrever?

Pode, desde que tenha disponibilidade para fazer o curso no câmpus, uma vez que todos os cursos são presenciais.

Voltar para o início ↑

Quanto tempo dura o curso?

A duração varia de acordo com tipo de curso. Em geral, os cursos técnicos concomitantes e subsequentes duram de um a dois anos. Já a duração média dos cursos técnicos integrados é de três a quatro anos. 

Voltar para o início ↑

O IFSC oferece alguma assistência estudantil?

Sim, o IFSC tem uma política de Assistência Estudantil com uma série de auxílio para os estudantes. Todas as informações podem ser conferidas nesta página.

Voltar para o início ↑

Posso fazer mais de um curso técnico do IFSC?

Pode, mas não ao mesmo tempo. O regulamento didático-pedagógico do IFSC não permite a matrícula simultânea em mais de um curso técnico ofertado pelo IFSC. Mas é possível fazer um curso técnico junto com um curso de qualificação profissional ou ainda um curso técnico subsequente junto com um curso de graduação.

Veja mais detalhes sobre as possibilidades de fazer mais de um curso no IFSC

Também não é possível se inscrever para mais de um curso no processo seletivo. Caso seja feita mais de uma inscrição no mesmo processo seletivo, mesmo que sejam para cursos e até câmpus diferentes, apenas a última inscrição será considerada válida.

Voltar para o início ↑

Como funciona o sistema de cotas?

Metade das vagas ofertadas são reservadas a candidatos provenientes de escolas públicas, com cotas para estudantes de baixa renda, com deficiência ou autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Para participar do processo seletivo pelo sistema de cotas, essa opção deve ser feita no momento da inscrição.

Saiba mais sobre o sistema de cotas
Faça o nosso quiz e descubra se você pode se inscrever pelo Sistema de Cotas do IFSC

Voltar para o início ↑

Como será o processo seletivo?

A seleção para todos os cursos será por sorteio público, realizado às 15h30 do dia 16 de dezembro. A gravação do sorteio é disponibilizada em nosso site.

Entenda como funciona o sorteio público do IFSC

Voltar para o início ↑

Como fazer a inscrição?

As inscrições on-line devem ser feitas pelo Portal de Inscrições.

Ao acessar o sistema, o interessado deve:

- selecionar a opção “Quero me inscrever”;
- escolher o município ou câmpus em que pretende estudar;
- selecionar o curso;
- preencher todos os dados solicitados;
- assinalar opção por ampla concorrência ou sistema de cotas;
- conferir todos os dados; e
- salvar o comprovante de inscrição.

Assista ao vídeo que explica o passo a passo da inscrição:

Voltar para o início ↑

Como saber se minha inscrição foi concluída?

Após preencher os dados no Sistema de Ingresso, a inscrição é concluída. O documento que comprova que a inscrição foi feita é o comprovante de inscrição gerado pelo sistema após a finalização do preenchimento de todos os dados. É importante que o candidato faça o procedimento até o final quando irá aparecer um botão para gerar esse comprovante - que pode ser impresso ou salvo em PDF. O candidato deve guardar este comprovante que trará a informação de qual processo está inscrito, para qual câmpus e qual curso. Para conferir se a inscrição foi efetuada, é possível acessar o Sistema de Ingresso e ir na opção “Já me inscrevi”. Se a inscrição tiver sido concluída, ela irá aparecer ali e será possível gerar um novo comprovante. Se a inscrição não aparecer é porque não foi concluída e você deve efetuar uma nova inscrição.

Voltar para o início ↑

Como posso alterar as informações da minha inscrição?

Acesse o Sistema de Ingresso e clique na opção “Já me inscrevi”. A alteração de qualquer informação pode ser feita somente durante o período de inscrições. Caso você tenha feito a inscrição para o curso errado, por exemplo, você pode fazer uma nova inscrição para o curso correto, pois somente a última inscrição será considerada válida.

Voltar para o início ↑

É possível uma pessoa fazer a inscrição para outra pessoa?

Sim, mas todo o cadastro tem que ser feito com as informações do candidato. Ou seja, na hora de preencher a inscrição, os dados informados (como RG e CPF) devem ser do candidato que irá concorrer à vaga no IFSC. 

Voltar para o início ↑

Como o candidato pode acompanhar as etapas do processo seletivo?

Após realizar a inscrição, o candidato deve estar atento ao cronograma disponível no edital. Lá estão descritas todas as etapas e prazos.

Voltar para o início ↑

Já tem previsão de número de inscritos neste processo seletivo e da relação de candidato por vaga?

É possível consultar a relação de candidato por vaga de processos anteriores nesta página do site do IFSC. Porém os números do processo atual só serão divulgados após o término do período de inscrições. 

Voltar para o início ↑

Quando sai o resultado?

A relação dos selecionados em primeira chamada será divulgada no dia 27 de dezembro, a partir das 18h, no Sistema de Resultados do IFSC.

Voltar para o início ↑

O IFSC entra em contato com o candidato para informar que foi aprovado?

É responsabilidade do candidato acompanhar as divulgações e realizar os procedimentos conforme orientações do edital. O Departamento de Ingresso envia um e-mail (para quem autoriza o recebimento) com um lembrete, mas pode ser que caia na sua caixa de spam ou que você não receba porque o endereço de e-mail está incorreto. Em alguns casos, os câmpus podem até fazer ligações. Porém, tanto o e-mail quanto a ligação são ações opcionais e que podem, por algum motivo, não acontecer. Por isso, cabe sempre ao candidato ler o edital e acompanhar as datas de divulgações conforme apresentadas no documento.

Voltar para o início ↑

Como faço a matrícula?

De 16 a 26 de janeiro de 2023, todos os candidatos aprovados em primeira chamada devem fazer a sua matrícula. Os candidatos que tiverem ficado em lista de espera também devem enviar a documentação para permanecer na lista de espera.

As matrículas e a manifestação de interesse serão feitas com o envio, pela internet, da documentação prevista no item 6.3.1 do edital. O link para a matrícula on-line de cada câmpus também está no edital, no item 6.3.1. 

Entenda a diferença entre inscrição e matrícula

Voltar para o início ↑

Como funciona a lista de espera?

A lista de espera é uma lista dos candidatos com expectativa de abertura de vagas, que atende a ordem de sua classificação no sorteio e também a divisão por cotas, conforme inscrição de cada candidato. Ou seja, se os aprovados na primeira chamada não realizarem sua matrícula, serão abertas novas vagas, que serão preenchidas por essa lista de espera (respeitando a cota de cada candidato). Para se manter na lista de espera, os candidatos precisam manifestar interesse na vaga, enviando a documentação de matrícula no período entre 16 e 26 de janeiro de 2023, seguindo as mesmas regras dos candidatos aprovados. Caso as vagas não sejam preenchidas com os nomes da primeira chamada, o IFSC entrará em contato com os candidatos que tiverem manifestado interesse para confirmar a matrícula.

Voltar para o início ↑

O que são vagas remanescentes?

Quando não há mais candidatos na lista de espera e ainda assim o curso tiver vagas disponíveis, aí essas vagas são chamadas de remanescentes e um novo processo é aberto para preenchê-las. Para essas vagas não há sorteio, o preenchimento é por ordem de inscrição.

Neste post do Blog do IFSC explicamos como funcionam as vagas remanescentes

Voltar para o início ↑

Quando começam as aulas?

Os sorteados neste processo seletivo iniciarão as aulas em 6 de fevereiro de 2023. Consulte aqui o calendário acadêmico específico de cada câmpus.

Voltar para o início ↑

É possível trocar de curso?

Sim, mas aí é outro processo chamado de Transferência Interna. Para poder participar do processo de transferência de curso, é preciso concluir o primeiro semestre do curso para o qual foi aprovado. A cada semestre, é lançado um edital de transferência indicando as vagas disponíveis em cada câmpus e curso e os pré-requisitos.

Voltar para o início ↑

Não tem o curso que eu quero neste processo seletivo. Quando abrem novas inscrições?

O próximo processo seletivo será para ingresso no segundo semestre de 2023, mas pode ser que abram vagas remanescentes, caso as vagas deste processo não sejam abertas. Você pode acompanhar o calendário de inscrições neste link.

Se desejar, cadastre seu e-mail para receber uma mensagem quando novas vagas forem abertas.

Voltar para o início ↑

Ainda tenho dúvidas. Com quem posso falar?

É fundamental que o candidato leia todo o edital do processo seletivo. Dúvidas específicas de cada curso devem ser conferidas no Guia de Cursos do IFSC na página correspondente do curso. Para mais informações, envie e-mail para ingresso@ifsc.edu.br ou diretamente para o contato do câmpus de interesse pelo e-mail que está no item 6.4 do edital.

Outras dúvidas

No Blog do IFSC, é possível encontrar posts explicativos sobre o IFSC, os cursos e o processo seletivo:

Glossário do Ingresso do IFSC
IFSC e IFC: é tudo a mesma coisa?
O que o Ensino Médio do IFSC tem de diferente?
Sistemas de cotas no IFSC: como funciona?
Como se inscrever pelo sistema de cotas no IFSC?
Dúvidas mais respondidas sobre nosso Ingresso
Afinal, o que é um edital?
Quer estudar no IFSC? A gente te ajuda a ler o edital!
Por dentro do ingresso do IFSC: entenda todas as etapas
É possível fazer mais de um curso no IFSC?
Inscrição X matrícula: tem diferença?
Estrangeiros podem se inscrever nos cursos do IFSC?
Qual a diferença entre os cursos técnicos integrados, concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio?Como funcionam as vagas remanescentes do IFSC?

E também temos uma página de Perguntas Frequentes com respostas sobre nossos cursos, processos seletivos, e muito mais.

Voltar ao Topo