Pular para o conteúdo

Notícias

Câmpus Xanxerê investe em sustentabilidade

CÂMPUS XANXERÊ Data de Publicação: 17 dez 2013 22:00 Data de Atualização: 06 fev 2018 14:36

 

Alunos e servidores do Câmpus Xanxerê do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) adotaram medidas sustentáveis no decorrer deste ano. Ações de educação ambiental, reutilização e reciclagem de resíduos sólidos, reutilização da água e projetos de extensão ligados à sustentabilidade já fazem parte da vida acadêmica dos estudantes. As atividades foram coordenadas pelo professor da área sanitária e ambiental, Juliano Gomes.

 

Para trabalhar a educação ambiental, as lixeiras do câmpus foram identificadas de acordo com a destinação correta do lixo e uma tabela de resíduos foi fixada acima, com dicas sobre a coleta seletiva. Informações sobre economia de energia e redução do uso de papel na impressão também estão expostas pelo câmpus.

 

Também foram realizadas oficinas de educação ambiental, em que os alunos realizaram uma trilha na praia para coleta de resíduos e gestão de resíduos. A atividade foi aberta à comunidade que pode entender melhor sobre os locais de descarte do lixo. 

 

De acordo com o professor Juliano Gomes, os alunos e servidores já se acostumaram com a ideia de conscientização ambiental. “Já percebi a mudança de hábito, uma vez que todos estão mais conscientes e contribuindo para um ambiente escolar mais sustentável”, afirma. A ação já ultrapassou os muros do câmpus. “Criamos oficinas para a comunidade local para passar esse conhecimento adiante também”, destaca Juliano.

 

Ao longo do ano, os alunos confeccionaram bancos com pallets de madeira e mesa com rolo de fio de madeira, blocos de notas com papeis de rascunho, porta-objetos com latas de metal, gotejadores e recipientes de garrafas pet para a horta orgânica e enfeites de natal. Todo o material criado foi feito com a reutilização de resíduos sólidos e expostos em locais estratégicos do câmpus para proporcionar um ambiente mais humano e estimular a gestão correta dos resíduos. Já os resíduos sólidos são usados na horta orgânica e o papel e plástico são doados para catadores do município que os encaminham para a reciclagem.

 

Um esquema criado pelos alunos e servidores ajuda na economia da água do câmpus. Eles elaboraram uma cisterna para reaproveitamento da água residual do destilador do laboratório de microbiologia. Após ser filtrada e utilizada, a água da torneira utilizada no laboratório é armazenada em uma caixa d´água, onde é utilizada para serviços de limpeza e na horta do câmpus.

 

Os projetos e trabalhos integradores resultaram em um recipiente de armazenamento e separação do cavaco de metal com óleo, proveniente do processo de usinagem e uma composteira cilíndrica para reciclagem de resíduos orgânicos para o câmpus. Por meio da Pesquisa e Extensão, foram plantadas gramíneas e mudas nativas para a reabilitação do solo das áreas degradadas.

 

IFSC Sustentável

 

O Câmpus Xanxerê também seguiu as ações do Programa IFSC Sustentável que busca a redução do impacto ambiental das atividades desenvolvidas pelo Instituto. Os servidores e alunos receberam canecas e agendas produzidas com materiais sustentáveis e estão praticando as operações desenvolvidas no câmpus. Composto por várias ações, o IFSC Sustentável é dividido em quatro eixos: Água(uso consciente, captação da água da chuva, detecção de vazamentos); Fogo (economia de energia, lâmpadas inteligentes, uso da luminosidade solar); Terra (separação, coleta e destinação adequada de resíduos sólidos, implantação do conceito de “Lixo Zero”) e Ar (ações focadas nas compras sustentáveis e no compromisso em respeitar as legislações relativas ao segmento).

 

CÂMPUS XANXERÊ