Pular para o conteúdo

Notícias

Empresa júnior do Câmpus Tubarão desenvolve sites e sistemas para negócios da região

EXTENSÃO Data de Publicação: 16 mai 2022 14:07 Data de Atualização: 02 jun 2022 19:33

Uma empresa formada por estudantes do curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do IFSC Câmpus Tubarão está oferecendo uma série de serviços para empresas da região que necessitam de suporte aos seus negócios. Criada ainda durante a pandemia, a SharkCode, primeira empresa júnior do segmento na região de Tubarão, agora espera expandir sua atuação e já tem um projeto próprio para ser lançado.

A empresa júnior é uma sociedade civil sem fins lucrativos, formada por alunos de curso superior, sob a orientação de professores. O objetivo é proporcionar ao estudante um maior contato com o mundo do trabalho, vivenciando o meio empresarial e comprometendo-se com o desenvolvimento pessoal e do coletivo.

Formada por estudantes de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, a SharkCode existe desde 2020. A empresa é focada em desenvolver websites, landing pages e prestar outros serviços a negócios de Tubarão e região.

Até hoje, foram nove empresas atendidas. A meta é ampliar esses atendimentos. “Nós procurávamos sempre pegar trabalhos de outras empresas juniores. Agora vamos procurar pequenas e médias empresas de Tubarão e região”, afirma Fernando Sousa, aluno e presidente da SharkCode. Os valores cobrados são abaixo do mercado. “Cobramos um preço bem abaixo do mercado por sermos uma empresa júnior. O caixa vindo dos projetos não podem ser usados para remuneração, apenas para compra de cursos e capacitações para os membros”, acrescenta.

No momento, a empresa está articulando novos serviços. “Estamos para fechar alguns projetos mais específicos, como um de agendamento de serviços médicos para uma empresa aqui da região, mas estamos abrindo esse leque agora que temos mais integrantes”, explica Sousa. Atualmente, são sete integrantes ativos na SharkCode. O número deve aumentar para 11 até o final de 2022.

Fernando Sousa, Diego Elias Formentin, Gustavo Cancelier dos Santos, Victor Luiz de Oliveira, Danilo Paes Ribeiro, Gustavo Candido França e Murilo Augusto Cunha são os alunos que fazem parte da empresa júnior. Todos eles são acadêmicos do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Câmpus Tubarão. Para o futuro, a SharkCode planeja ampliar os serviços prestados. “É expandir nosso escopo de trabalho para toda Santa Catarina, poder usar da imagem que criaremos para capacitar e nos inserir no meio de trabalho com uma bagagem muito boa” completa.

Oportunidades únicas

A Federação de Empresas Juniores de Santa Catarina (Fejesc) cuida de todas as empresas juniores do estado. E quem teve a honra de desenvolver o site da federação foi a SharkCode. “O mais legal foi que dentre todas as outras empresas juniores, eles nos procuraram para contratar os nossos serviços”, lembra Fernando Sousa. O novo site será ativado em breve.

Para o professor coordenador da empresa júnior, Iuri Destro, a empresa irá se relacionar com outras áreas além da Tecnologia da Informação. “O Campus Tubarão é um polo de conhecimento em Tecnologia da Informação e Automação. Vejo a SharkCode com grande potencial para oferecer produtos e serviços de qualidade, não somente em TI, mas também em projetos que fazem sinergia da tecnologia com outros eixos que o campus está desenvolvendo: Gestão, Logística e Sustentabilidade. O projeto Shark Coleta é um exemplo disso”, fala Iuri.

Shark Coleta é o nome de um dos projetos próprios que estão sendo desenvolvidos pela SharkCode. Um aplicativo e um site foram desenvolvidos para identificar localizações de pontos de coleta de lixo eletrônico e óleo de cozinha na cidade de Tubarão. A ideia foi construída com apoio do governo do município através da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat).

Diego Formentin, integrante da empresa, destaca a importância da oportunidade para a carreira dos jovens. “A gente bota em prática o nosso conhecimento técnico. No convívio geral com outras empresas, a experiência é de estar realmente em uma empresa igual a qualquer outra. Desenvolvi algumas habilidades de comunicação. Eu vou poder colocar no meu currículo a minha experiência e o networking que a gente desenvolve com muitos contatos de outras empresas”, diz.

Nas áreas de TI e Automação, o Câmpus Tubarão do IFSC oferece os cursos técnicos em Desenvolvimento de Sistemas e Automação Industrial, além do curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

EXTENSÃO CÂMPUS TUBARÃO

Nó: liferay-ce-prod03

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia Mais.